Varíola dos macacos: OMS decide mudar nome da doença para evitar estigmas

A iniciativa ocorre após um grupo de cientistas afirmar que a adoção de um novo nome é uma necessidade urgente.

Cognys

  • 15/06/2022
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
Apesar do nome, a principal forma de transmissão da doença é pelo contato próximo com uma pessoa infectada. (Fonte: iStock)

Frente aos surtos da varíola dos macacos (monkeypox), a Organização Mundial da Saúde (OMS) está colaborando com cientistas para mudar o nome da doença. Conforme escreveu um grupo de mais de 30 cientistas na semana passada, a adoção de um novo nome que não seja discriminatório nem estigmatizante é uma “necessidade urgente”.

Já foram registradas 72 mortes pela doença em países onde ela é considerada endêmica, como nas áreas de floresta tropical na África Central e África Ocidental, mas, até o momento, não há casos de morte registrados nos países afetados recentemente. Para o grupo de cientistas, que sugeriu o nome hMPXV, há também diversas referências incorretas e discriminatórias ao tratar o vírus como sendo africano.

Os pesquisadores relataram ainda que a cepa circulante nos 32 países fora da África é, provavelmente, diferente do vírus encontrado em animais. Apesar do nome “varíola dos macacos”, a principal forma de transmissão da doença se dá através do contato próximo com uma pessoa infectada.

Link da notícia completa, clique aqui.

fonte: BBC Brasil