Uso emergencial das vacinas de Oxford e CoronaVac é aprovado pela Anvisa

Cerca de 50 pessoas participaram do processo de autorização inédito pela agência reguladora.

Cognys

  • 18/01/2021
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
Uso emergencial das vacinas de Oxford e CoronaVac é aprovado pela Anvisa. (Fonte: Revista Exame)

As vacinas CoronaVac, do Instituto Butantan/Sinovac, e da Fiocruz/AstraZeneca foram aprovadas para uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Após uma reunião de cinco horas neste domingo (17), os diretores da agência determinaram que o uso da vacina está liberado para profissionais de saúde e, posteriormente, para o restante da população.

Para a vacinação de toda a população, a Anvisa determinou que se mantém necessário o registro definitivo dos imunizantes para que se inicie a próxima etapa de vacinação. No caso da CoronaVac, foi determinado, ainda, a assinatura de um termo de compromisso para a apresentação de dados de imunogenicidade da vacina até o dia 28 de fevereiro, após o insuficiência dos relatórios iniciais apresentados pela instituição.

Para dar início às vacinações, o Instituto Butantan já tem disponível 6 milhões de doses da CoronaVac, com previsão de produzir até o fim do mês mais 4 milhões de doses. Já a vacina desenvolvida pela Fiocruz em parceria com a AstraZeneca, ainda não tem vacinas disponíveis no Brasil. No entanto, a Instituição já vem se mobilizando para importar 2 milhões de doses da vacina.


Link da notícia completa, clique aqui.