Teste de DNA mitocondrial podem prever risco de casos graves de COVID-19

Os pesquisadores acreditam que o teste também pode servir como uma ferramenta para melhorar ensaios clínicos.

Cognys

  • 19/01/2021
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
Teste de DNA mitocondrial podem prever risco de casos graves de COVID-19. (Fonte: Revista Galileu)

Um teste que avalia os níveis de DNA mitocondrial no sangue pode ser capaz de prever quais pacientes possuem maior risco de desenvolver a forma grave da COVID-19. A ferramenta foi desenvolvida por um grupo de pesquisadores da Universidade de Washington, nos Estados Unidos. 

Através de uma pesquisa realizada com 100 pacientes infectados pela doença, os pesquisadores descobriram que quando os níveis de DNA mitocondrial no sangue estão altos, um tipo específico de morte celular violenta está acontecendo em alguma parte do corpo. Os pesquisadores observaram que a maioria dos pacientes que foram admitidos em UTIs, intubados ou morreram, apresentaram esse aumento.

De acordo com Andrew Gelman, coautor do estudo, “Os vírus podem causar um tipo de dano ao tecido chamado necrose, que é uma resposta inflamatória violenta à infecção. A célula se quebra, liberando o conteúdo, incluindo o DNA mitocondrial, que por si só leva à inflamação. Em pacientes com Covid-19, há evidências anedóticas desse tipo de dano celular e tecidual no pulmão, coração e rim. Por isso, achamos que, possivelmente, medidas de DNA mitocondrial no sangue possam ser um sinal precoce desse tipo de morte celular em órgãos vitais."


Link da notícia completa, clique aqui.