Terapia focal fotodinâmica pode ajudar na cura do câncer de próstata intermediário

Os resultados do estudo, significam um avanço significativo no tratamento do câncer de próstata de risco intermediário.

Cognys

  • 23/07/2021
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
No decorrer do estudo 50 pessoas com próstata foram tratadas, dentre elas 46 foram avaliadas durante 12 meses. (Fonte: iStock)

Segundo dados de estudo recentemente apresentados no congresso da ASCO 2021, a terapia focal fotodinâmica (VTP) representa uma possibilidade de cura para os portadores de câncer de próstata de risco intermediário. De acordo com a pesquisa, a nova terapia fotodinâmica apresentou evidências promissoras utilizando como agente fotossensibilizante a padeliporfina para exterminar o tumor com uma ou, no máximo, duas sessões de terapia. 

No decorrer do estudo 50 pessoas com próstata foram tratadas, dentre elas 46 foram avaliadas durante 12 meses. Das quatro que não concluíram o estudo, uma pessoa procedeu à prostatectomia (falha do tratamento), duas recusaram a biópsia de 12 meses e uma veio a óbito em decorrência de um quadro da COVID-19. É válido ressaltar que a pesquisa não demonstrou nenhum caso de incontinência urinária e mudança mínima da função erétil após os 12 meses de tratamento. 

Para Lucas Nogueira, urologista mineiro e pesquisador visitante do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, em Nova York, os resultados do estudo significam um avanço significativo no tratamento do câncer de próstata de risco intermediário. Isso porque apresentam um excelente resultado no tratamento focal do tumor, aliado à preservação do órgão, evitando, dessa forma, procedimentos mais agressivos.

 Link da notícia completa, clique aqui.

COGNYS
MEDICINA
cancerdeprostata
pesquisa
terapia
fonte: Jornal do Estado de Minas