Substâncias presentes na Cannabis podem evitar a infecção por COVID-19

O ácido canabigerólico e o ácido canabidiólico podem barrar a entrada do vírus em células humanas, apontou pesquisa.

Cognys

  • 14/01/2022
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
Através de uma metodologia inovadora de triagem química, feita por cientistas da Universidade de Oregon (OSU), identificou-se que os dois compostos canábicos se ligam à proteína spike do coronavírus. (Fonte: iStock)

De acordo com um estudo desenvolvido por pesquisadores de duas universidades americanas do Oregon, dois compostos presentes na Cannabis podem ajudar a prevenir a COVID-19. Conforme apontam os especialistas no estudo, que foi publicado em periódico científico, o ácido canabigerólico (CBGA) e o ácido canabidiólico (CBDA) podem barrar a entrada do vírus em células humanas. 

Através de uma metodologia inovadora de triagem química, feita por cientistas da Universidade de Oregon (OSU), identificou-se que os dois compostos canábicos se ligam à proteína spike do coronavírus e, com isso, bloqueiam uma substância que o patógeno usa para infectar. É válido ressaltar que os pesquisadores já realizaram testes laboratoriais com as variantes alfa e beta do novo coronavírus, mas ainda não executaram estudos em seres humanos. 

De modo geral, os autores da pesquisa acreditam que, apesar de ainda estar em uma fase inicial, os ácidos canabinóides podem ser usados em medicamentos para prevenir, tratar ou até mesmo encurtar uma infecção pelo SARS-CoV-2. Além disso, também acrescentam que as variantes resistentes ainda podem surgir em meio ao uso generalizado de canabinóides, porém a soma entre a vacinação mais o tratamento com CBDA e CBGA deve criar um ambiente muito inóspito para o SARS-CoV-2.

Link da notícia completa, clique aqui.

COGNYS
pesquisa
cannabis
covid19
fonte: G1