Pesquisa da UFV descobre molécula que pode ajudar no tratamento da COVID-19

A descoberta, que está em fase de registro de patente, foi desenvolvida pelo Departamento de Informática da Universidade.

Cognys

  • 23/05/2022
  • 0
  • 0
  • 3
Favoritar
A descoberta está em fase de registro de patente e a falta de verba é o principal impasse para o avanço da pesquisa. (Fonte: iStock)

Um grupo de pesquisadores do Departamento de Informática (DPI) da Universidade Federal de Viçosa (UFV) descobriu uma molécula que pode ser eficaz no combate à replicação do SARS-CoV-2, vírus causador da COVID-19.

A equipe da UFV partiu de bases de dados de moléculas já conhecidas e aprovadas pela Food and Drug Administration, agência regulatória dos Estados Unidos. Os modelos criados pelos cientistas da UFV buscaram moléculas com potencial para inibir uma proteína do vírus chamada protease principal, que ajuda na replicação do vírus no interior das células.

Segundo a professora da UFV, Sabrina Silveira, “Nosso objetivo é reposicionar fármacos que já são conhecidos, mas podem ter outras utilizações. Nós usamos a estratégia de aprendizagem de máquina para buscar moléculas capazes de inibir o trabalho da protease principal, interferindo especificamente neste processo da replicação do coronavírus”. A professora afirmou ainda que, caso os resultados dos ensaios in vitro sejam positivos, a pesquisa avançará para a fase de realização de ensaios em cultura celular e, se os resultados forem promissores, em animais (in vivo).

Link da notícia completa, clique aqui.

fonte: G1