Novo método pode identificar o SARS-CoV-2 ainda nos cotonetes nasais

A nova técnica foi desenvolvida por brasileiros e pode fazer a detecção em menos de 1 minuto.

Cognys

  • 11/01/2022
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
A tecnologia, derivada de um sistema de detecção e diagnóstico de câncer, foi adaptada para detectar o SARS-CoV-2 diretamente nos swabs. (Fonte: iStock)

Especialistas da Universidade São Francisco (USF), em parceria com pesquisadores da Universidade do Texas, em Austin, nos Estados Unidos, e da Universidade Presbiteriana Mackenzie, no Brasil, criaram uma tecnologia que possibilita detectar em menos de um minuto o SARS-CoV-2 diretamente de cotonetes nasais utilizados na coleta. 

Diante do cenário pandêmico, os pesquisadores tiveram a ideia de adaptar a tecnologia, derivada de um sistema de detecção e diagnóstico de câncer, para detectar o SARS-CoV-2 diretamente nos swabs. As moléculas são sugadas por um orifício na câmara para um espectrômetro de massas para análise e identificação da presença de lipídeos que servem como marcadores para indicar se há ou não o vírus na amostra.

Conforme aponta Andréa de Melo Porcari, professora da USF e uma das coordenadoras do projeto: “Todo esse processo dura menos de um minuto, incluindo a análise. É um ciclo muito rápido, com etapas operacionais mínimas e sem a necessidade de uso de nenhum reagente especializado”, diz.

Link da notícia completa, clique aqui.

COGNYS
MEDICINA
pesquisa
covid19
teste
fonte: R7