Novo coquetel contra a COVID-19 reduz número de mortes em até 50%

O fármaco AZD7442 - que consiste em uma combinação de anticorpos - reduziu em 50% os casos de COVID-19 grave e mortes.

Cognys

  • 13/10/2021
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
A farmacêutica comunicou que os resultados serão expostos para as autoridades sanitárias e que  já iniciou pedido na FDA. (Fonte: iStock)

Segundo a farmacêutica AstraZeneca, um coquetel de remédios experimentais contra a COVID-19 apresentou resultados animadores em testes clínicos de fase 3. Embora as respostas ainda não tenham sido divulgadas em revista científica, os resultados iniciais são promissores: o fármaco AZD7442 - que consiste em uma combinação de anticorpos - reduziu em 50% os casos de COVID-19 grave e mortes.

Para isso, a pesquisa contou com 903 pacientes voluntários que receberam o tratamento por cinco dias após o surgimento dos sintomas, ou com o coquetel ou com o placebo. De acordo com especialistas, 90% deles faziam parte do grupo de risco da COVID-19. 

"Nossa combinação de anticorpos de longa ação, somam-se ao crescente corpo de evidências para o uso desta terapia na prevenção e no tratamento de covid-19. Uma intervenção precoce com nosso anticorpo pode dar uma redução significativa na progressão para doença grave, com proteção contínua por mais de seis meses", aponta Mene Pangalos, vice-presidente executivo de produtos biofarmacêuticos da AstraZeneca. A farmacêutica comunicou que os resultados serão expostos para as autoridades sanitárias e que já deu início ao pedido de aprovação no FDA, agência reguladora dos Estados Unidos.

Link da notícia completa, clique aqui.

 

COGNYS
MEDICINA
pesquisa
covid19
anticorpos
coquetel
fonte: Correio Braziliense