Estudo identifica superanticorpo que pode combater todas as variantes da COVID-19

A supermolécula de defesa foi detectada ao avaliar amostras sanguíneas de pacientes infectados com a COVID-19.

Cognys

  • 21/07/2021
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
A molécula de defesa teve uma eficácia significativa contra uma série de variantes do vírus da COVID-19. (Fonte: iStock)

Um estudo desenvolvido por pesquisadores americanos, publicado recentemente, identificou um anticorpo que possui a capacidade de exterminar as variantes do SARS-CoV-2, além de outros coronavírus. Ao avaliar amostras sanguíneas de pacientes infectados com a COVID-19, os estudiosos detectaram a supermolécula de defesa do corpo. Além disso, em laboratório, foram realizados testes a fim de descobrirem o desempenho dessas células protetoras. 

Através de uma avaliação genética detalhada, os cientistas analisaram o desempenho de 12 anticorpos ao combater o novo coronavírus e também a capacidade delas se acoplarem a domínios de patógenos que fazem parte da mesma família do SARS-CoV-2, a sarbecovírus. Como resultado, a molécula de defesa teve uma eficácia significativa contra uma série de variantes do vírus da COVID-19 em testes feitos com células humanas e de ratos.

Tyler Starr, bioquímico e membro do Centro de Pesquisa do Câncer Fred Hutchinson, nos Estados Unidos, afirma: “esse é o anticorpo mais interessante que já descrevemos”. De acordo com os cientistas responsáveis pelo estudo, mais pesquisas precisam ser realizadas a fim de garantir o efeito protetor do anticorpo descoberto. Contudo, acredita-se que novos tratamentos podem ser criados a partir do superanticorpo, que pode ser usado como matéria-prima.

Link da notícia completa, clique aqui.

COGNYS
MEDICINA
pesquisa
covid19
anticorpos
fonte: Correio Braziliense