Estudo aponta que anticorpo NS1 pode inibir os vírus da zika e dengue

O NS1 aumentou os índices de sobrevivência em testes laboratoriais e reduziu a presença dos patógenos no sangue.

Cognys

  • 14/01/2021
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
Estudo aponta que anticorpo NS1 pode inibir os vírus da zika e dengue. (Fonte: Revista Galileu)

Um estudo conduzido por cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, descobriu que o anticorpo NS1 seria capaz de inibir os vírus da dengue, zika e da febre do Nilo Ocidental. A pesquisa indica que a proteína em questão reduziu a presença dos microorganismos no sangue e aumentou os índices de sobrevivência em testes laboratoriais.

 

Segundo Daniel Watterson, um dos pesquisadores a frente do estudo, “A criação de vacinas e terapias tem sido muito dificultada porque os anticorpos que têm como alvo a principal proteína do envelope viral também podem aumentar a doença", explica. "Esse fenômeno é chamado de realce dependente de anticorpos e contribuiu para as complicações decorrentes da implantação em larga escala da primeira vacina licenciada contra a dengue."

 

De acordo com o estudo, o anticorpo NS1 não conduziria esse realce. Isso contribui para a descoberta de novas vacinas, inclusive outros flavivírus que possam surgir. Atualmente, os flavivírus, como a dengue, infectam cerca de 390 milhões de pessoas anualmente, causando meio milhão de casos graves da doença.


Link da notícia completa, clique aqui.